#QuemTeMove – Maria Sossmeier e a comunicação como ferramenta para um transporte de qualidade

Atual Assessora de comunicação da MobiBrasil SP, Maria conta um pouco de sua experiência e como seu trabalho se tornou uma ferramenta primordial na qualidade do transporte e no relacionamento público entre empresa e clientes.

A sétima edição do Quem Te Move vai falar um pouco sobre como a comunicação pode ajudar na qualidade do transporte oferecido a população.

Com quase 15 anos dedicados a comunicação voltada ao Transporte coletivo, Maria conta um pouco de sua história e de suas ações que fazem um transporte cada vez melhor. Confira.

Parceiros do Transporte: Maria, conte nos um pouco da sua experiência e como chegou até o “mundo dos ônibus”?

Maria: Sou Gaúcha, de Caxias do Sul, terra onde me formei em jornalismo e fui repórter no grupo RBS. Com parte da família morando aqui em São Paulo, ao vir passar um período de férias por aqui, decidi procurar emprego e caso surgisse alguma oportunidade, ficaria por aqui. Tinha um amigo que trabalhava na Agrale, que comentou comigo sobre a procura do emprego e o mesmo me disse que a Agrale e a Marcopolo possuia assessoria de imprensa aqui em São Paulo. Entrei em contato e fiz parte desta equipe por pouco mais de 6 anos, de 2002 a 2008. Como queria expandir meus conhecimentos, deixei um pouco o transporte para trabalhar em uma produtora de filmes, mas sentia a falta que o mundo jornalístico me proporcionava. Voltei e fiz parte de uma assessoria de imprensa voltada mais ao ramo automobilístico por 3 anos. Passei então por mais outras 2 assessorias até decidir ampliar meu leque de atuação e fiz uma pós graduação em comunicação empresarial e então voltei para o mercado, mas desta vez, decidida em procurar algo mais voltado a comunicação interna e de maneira direta, sem o intermédio de agências. Foi então que conhecendo algumas pessoas, houve indicações para então fazer parte do time da MobiBrasil. Estou aqui desde 2013, atendendo imprensa, comunicação interna com colaboradores e a publicidade em geral.

Parceiros do Transporte: Acha que existe alguma dificuldade na comunicação entre empresas e clientes no sistema de São Paulo?

Maria: Acredito que os processos já foram mais engessados. O relacionamento de maneira direta se tornou mais fácil e isso facilita muito para ambas as partes… seja quem gerência, opera ou utiliza os serviços. Com a conclusão do processo licitatório, acredito que abra um novo leque de oportunidades na questão da comunicação do transporte na capital, pois todos estão percebendo a importância que a empresa tem de poder falar diretamente com o cliente.

Parceiros do Transporte: Quais as principais ferramentas de comunicação entre empresa e clientes?

Maria: Acredito que as redes sociais traga uma boa aproximação. Foi algo que a empresa sempre quis fazer, mas não sabia como. Então, iniciamos o processo de uso e deu certo. É um caminho no qual podemos mostrar o dia a dia da empresa e esclarecer dúvidas diversas dos clientes, receber sugestões e termos aquele bate papo que faz bem principalmente para os clientes.

Parceiros do Transporte: Na sua opinião, o que falta para melhorar na questão de comunicação entre quem gerencia, opera e utiliza os serviços?

Maria: Acredito que falta mais autonomia as empresas que operam os serviços. Existem muitas campanhas que podemos trabalhar para com uma forma de aproximar os clientes. Mas isso também é um processo de amadurecimento. Com o tempo, todos vão se adaptando as necessidades e principalmente pelo fato da comunicação hoje, interferir diretamente na qualidade dos serviços oferecidos.

Parceiros do Transporte: Atualmente, qual a ação em destaque que vem sendo realizada pelo setor de comunicação da MobiBrasil?

Maria: Recentemente lançamos um novo canal, chamado Comunicação Direta. Que trata de facilitar a comunicação entre os setores administrativos e operacionais através dos Inspetores. Além disso, também contamos com o aplicativo RodoMobi que envia comunicados diretamente aos colaboradores e contamos também com as TVs corporativas. Conseguimos mostrar a importância da comunicação e do marketing e do que isso pode ajudar no dia a dia e nos indicadores de qualidade da empresa.

Parceiros do Transporte: Atualmente, como a estratégia age diante dos funcionários para que os mesmos colaborem com os processos de comunicação?

Maria: O diálogo é nosso ponto forte. Somos transparentes ao mostrar o significado dos principais indicadores de avaliação e mostrar onde cada um pode ajudar dentro de suas funções. Um exemplo é a criação de um manual que deve ser distribuído em breve, onde mostra os 10 principais pontos do IQT (Índice de Qualidade do Transporte) o principal indicador do sistema de transporte por ônibus da cidade, onde 6 destes 10, são ligados diretamente a operação. O que significam, como pode ajudar… Divulgamos os resultamos, como forma de empenhar todos em busca do melhor.

Parceiros do Transporte: Você faz parte de uma empresa cujo a maior representatividade patronal é de uma mulher, algo raro no nosso sistema. Como é fazer parte deste ciclo quais os benefícios que isso pode gerar?

Maria: Niege é uma pessoa fantástica. Uma pessoa inteligente, rápida, humana e sempre de alto astral contagiante, fazendo com que a vontade de trabalhar e fazer as coisas darem certo, seja ocasionado não apenas como uma forma de gratidão, mas também, por oferecer algo a altura da alegria que ela transmite. Não somente ela, mas como todos da família, como o pai, as irmãs. Trabalho mais diretamente com a Niege e aprendo com ela todos os dias, temos bons laços, somos boas parceiras.

Parceiros do Transporte: De maneira pessoal, quem é a Maria e seus gostos?

Maria: Uma pessoa tímida, mais dos bastidores mesmo. Tranquila, amo o que faço, pois sempre foi minha vontade trabalhar com comunicação. Quando criança, enquanto minhas amigas brincavam de boneca e casinha, eu brincava de ser editora de uma revista. Gosto de escrever, é um mundo que me fascina. Sou espontânea e transparente que adora vinhos, viagens, moda e culturas diferentes. E claro, meus animais de estimação. Nos últimos 4 anos, venho praticando corrida, algo no qual me viciei.

Parceiros do Transporte: E seus sonhos, já realizou todos eles?

Maria: Queria muito estudar fora do país. Porém, os custos são altos. Ainda não desisti, mas é algo que acredito que me devo isso e espero um dia poder realizar… nem que seja 1 mês de intercâmbio, conhecer novas culturas. Minha vida e meus objetivos são simples, acho que esse é o caminho para uma vida feliz.

Parceiros do Transporte: E suas metas, tem algo que almeja daqui pra frente em relação ao que conversamos aqui?

Maria: Quero ampliar essa atuação que tenho na empresa. Ajudar mais as áreas e que cada vez mais, vejam a comunicação como algo estratégico, que possa ajudar todos os setores a encontrarem uma solução e a empresa crescer cada vez mais.

Parceiros do Transporte: Que recado a Maria deixa para as pessoas que vão ler este conteúdo?

Maria: É necessário que as empresas de transporte, observem com mais carinho a questão da comunicação e marketing e os benefícios que isso pode trazer, melhorando de maneira direta a qualidade dos serviços oferecidos, apoiando todos os setores, com pessoas que venham agregar e saibam o que estão fazendo.

Maria e MobiBrasil protagonizam uma referência única na comunicação no transporte coletivo da cidade de São Paulo.

Mais do que comunicar, encurtar caminhos para laços cada vez mais saudáveis com seus clientes, é um passo extremamente importante na conquista por um transporte de qualidade.

Nosso muito obrigado e conte com a gente nessa jornada!

Curtiu esse artigo? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Faça seu comentário