Prefeitura de Belo Horizonte comemora a criação de 10 linhas de ônibus nos últimos meses em parceria com comunidades.

Parceria entre Prefeitura, através da BHTrans e representantes de diversas comunidades tem feito a diferença no transporte da capital mineira.

Dez novas linhas de ônibus foram criadas nos últimos meses em Belo Horizonte afim de facilitar e ampliar os deslocamentos dos clientes da capital mineira. As medidas tomadas beneficiam diretamente, moradores de áreas com maior vulnerabilidade social a se deslocarem com mais facilidade a pontos de interesse e conexão com o MOVE (BRT da Região Metropolitana de Belo Horizonte).

As linhas criadas foram:

740 – Tupi X Mirante. (Sistema Vilas e Favelas).

826 – Montes Claros X Rua São Rômulo. (Sistema Vilas e Favelas).

902 – Taquaril X Castanheiras. (Sistema Vilas e Favelas).

208 – Betânia X Barreiro via Novo das Indústrias. (Alimentadora).

5033 – Santa Terezinha X Praça da Liberdade via Tancredo Neves. (Radial).

5203 – Castelo X Estrela do Oriente – via Manacás. (Alimentadora)

5107 – Estação Pampulha X Savassi. (Diametral).

5104 – Suzana X Cruzeiro via Universitário. (Diametral).

9415 – Nossa Senhora de Fátima X Bonfim. (Radial).

8551 – Estação São Gabriel X Estação UFMG via Anel Rodoviário. (Sistema Move).

Visando conforto, economia e qualidade de vida, a BHTrans através de seus representantes, salienta a importante participação de representantes comunitários nas diversas reuniões promovidas, onde receberam as demandas e foram debatidas da forma mais saudável possível nas regiões envolvidas. Membros da CRTT (Comissão Regional de Transito e Transporte) também tiveram papel fundamental nas tomadas de decisões.

Para fazer a ligação do bairro Betânia ao centro do Barreiro (via Novo das Indústrias), foi implantada a linha 208 (Betânia/Barreiro via Novo das Indústrias). Com o cartão BHBus, quando o usuário embarca na 208 e pega outra linha alimentadora do Barreiro, a segunda viagem é de graça.

Já a nova linha MOVE 8551 (Estação São Gabriel/Estação UFMG via Anel Rodoviário) fez a ligação dos corredores Cristiano Machado e Antônio Carlos, passando pelo Anel Rodoviário e permitindo novas integrações com o sistema MOVE. Coordenador da associação do bairro Universitário, Célio Tavares conta que a 8551 possibilitou aos moradores irem até à estação UFMG, na avenida Antônio Carlos, e fazer a integração com o MOVE, ampliando a possibilidade de irem a outros lugares da cidade.

Em fevereiro deste ano, foi implantada a linha 5107 (Estação Pampulha/Savassi), que fez a conexão do corredor MOVE Antônio Carlos com a Savassi, melhorando o atendimento dos usuários das Estações Pampulha, Vilarinho e Venda Nova. “Foi sensacional a implantação dessa linha”, comemora Tatiane Scarlet Silva, de Venda Nova. “Pego a 5107 no meu bairro e vou direto para a faculdade, na Savassi”, conta.

Já nos bairros Suzana, Universitário e Cruzeiro, o transporte coletivo passou por uma reestruturação e as linhas 5101 (Suzana/Cruzeiro) e 5031 (Suzana/Savassi via Universitário) foram substituídas pela nova linha 5104 (Suzana/Cruzeiro via Universitário). O objetivo foi ampliar as opções de deslocamento, aumentar o número de viagens e diminuir o tempo de espera nos pontos.

A nova linha 9415 (Nossa Senhora de Fátima/Bonfim) permitiu aos moradores do Bonfim acesso à Área Hospitalar e região Leste (rua Niquelina e Hospital da Baleia) e ao Mercado Central (avenida Augusto de Lima). Já os moradores do Nossa Senhora de Fátima passaram a ter ligação direta com o bairro Bonfim (Cemitério do Bonfim).

 Cartão BHBUS – Com o Cartão BHBus, o usuário, além de evitar filas nas bilheterias das estações, economiza todos os dias: tem desconto na integração com o segundo ônibus ou metrô. E aos domingos e feriados, pega um segundo ônibus ou faz a integração com o metrô pagando, no máximo, a tarifa de R$ 4,50. A integração é válida no intervalo de uma hora e meia. 

Curtiu esse artigo? Compartilhe

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Faça seu comentário